sexta-feira, 8 de junho de 2012

As Leis do Caminho Espiritual


Adquiri recentemente este livro após assistir a uma palestra na Sociedade Teosófica de Cataguases.
Annie Besant foi uma mulher interessantíssima que muito me impressiona pela inteligência, coragem, determinação e trabalhos sociais desenvolvidos. Tudo isso numa época em que a sociedade completamente machista não valorizava a presença da mulher no mundo acadêmico e intelectual.
Annie Besant foi teósofa, maçom, oradora, escritora, presidente internacional da Sociedade Teosófica até seu falecimento em 30 e setembro de 1933 aos 76 anos.
Em As Leis do Caminho Espiritual, Annie Besant explica a imutabilidade das Leis Naturais, que independente do que façamos são invioláveis. 
Explica-nos a Lei do Dever e a Lei do Sacrifício como caminhos a serem trilhados para alcançarmos uma Consciência Superior e atingirmos patamares elevados na ascensão espiritual.

"Não existe qualquer penalidade arbitrária ligada à Lei da Natureza. A Natureza não pune. Na Natureza temos a afirmação das condições, a sequência de acontecimentos, e nada mais. Dada uma tal condição, haverá um resultado, que é uma sequência ou sucessão inevitável; não é uma pena nem uma punição arbitrária". (p.19)

"Conheça a Lei e a obedeça. Trabalhe com ela, e ela lhe elevará com sua força infinita, carregando-o até a meta que você deseja alcançar." (p.22)

"...O cérebro normal do homem tem que lidar com as dificuldade da vida e os solavancos do mundo; tem de se haver com os eventos comuns da vida; não podem ser esperadas manifestações da Consciência Superior através de um cérebro nutrido com alimento impuro, que se tornou escravo das paixões, e servo do egoísmo e da crueldade. Por que esperar desse cérebro alguma resposta aos impulsos espirituais da Consciência Superior, ou qualquer sensibilidade para com as vibrações mais agudas dos mundos superiores? Ele é o produto da evolução passada e representa o passado. 

Mas, e quanto ao outro cérebro, o cérebro que responde às vibrações mais sutis? Estes são os cérebros que têm a promessa do futuro. Eles nos falam da evolução que virá, não da evolução que passou. É provável que aqueles que estejam na vanguarda da evolução, com suas naturezas mais sutilizadas e mais evoluídas sejam muito mais facilmente perturbados pelas vibrações mais grosseiras do mundo inferior do que aqueles adaptados a eles; e o próprio fato de que seus cérebros são responsivos aos mais sutil, irá torná-los menos ajustados a responder às vibrações mais grosseiras do mundo inferior".(p.40-41)


São informações muito significativas que Besant nos transmite, levando-nos a profundas refleções sobre nossa vida e as ações vividas neste curto espaço de tempo que estagiamos neste planeta.
 
 Outras obras de annie Besant:
  1. A Sabedoria Antiga
  2. A Vida Espiritual
  3. Vegetarianismo e Ocultismo
  4. Ideais da Teosofia
  5. Bhagavad-Gita
  6. O Enigma da vida
  7. O Homem e seus corpos
  8. Reencarnação
  9. Um Estudo sobre o karma 
  10. O Cristianismo Esotérico e muitos outros.                             
 Vale a pena conhecer a vida e obra desse espírito incomum que em sua última roupagem terrena viveu na personalidade Annie Besant.

BESANT, Annie. As Leis do Caminho Espiritual. Tradução de Maria Teresa D. Moreira e Edvaldo Batista de Souza. Brasília: Editora Teosófica, 2011.

3 comentários:

Francisco Régis disse...

Olá, Maísa. Gostei muito da suas colocações a respeito do livro que você está lendo. Vou apreciar a leitura que você fez. Muito interessante. Obrigado por suas palavras, Francisco Régis.

Maísa Fernandes disse...

Obrigada por sua visita e comentário Francisco. E você? Está lendo o quê?
Tenha uma ótima semana.

Ana Paula Fernandes de Mendonça disse...

Que mulher e obra instigantes!!!